Buenas!!!

O Matambre tem seu nome originado do espanhol “mata hambre” (mata a fome), pois quando um bovino é abatido a primeira peça de carne que se retira é esta “manta” que envolve a costela.

Quando se compra costela, o Matambre é a tira de carne de cor rosada que a envolve, e que deve ser preparada separadamente.

Dito isso, comento a dificuldade em encontrar esse corte nas grandes redes de mercado em São Paulo.

P*** os açougueiros nem sabem o que é, tive que explicar tudo para ouvir: Agente corta junto com a costela.

Quando comprei a costela para a Costela na Pressão sofri o mesmo problema, foi então que encontrei a Casa de Carnes Aruba, na Rua Inhambu, 1062. Atendimento diferenciado e os açougueiros são bem caprichosos. O Matambre que pegamos lá estava limpo, sem a gordura. Temos que valorizar, fica a dica.

Já comi muito esse prato no sul, mas nunca tinha feito.

Desculpe mas o post é extenso, mas está bem explicado. É uma receita demorada, tem uma certa dificuldade mas tudo é aceitável pelo sabor.

Ingredientes:

  • Uma peça de Matambre, a que usei tinha 1.2kg
  • Linguiça Calabresa, usei apimentada para ficar mais picante
  • 4 Ovos
  • 2 – 3 Tomates
  • 2 Cebolas
  • 1 Cenoura
  • 2 Dentes de alho
  • Tempeiro verde (cebolinha e salsinha)
  • Sal e pimenta para temperar
  • Barbante

Detalhe, o recheio pode ser o que achar melhor, essas são minhas sugestões.

De pronto vamos temperar os dois lados da carne com sal e uma pitada de pimenta (opcional), e deixar pegar o sal.

Enquanto isso coloca os ovos para cozinhar, nem vou entrar nesse detalhe, é só colocar na água e ferver por 15 min.

Os tomates vamos utilizar só a parte ‘dura’, ou seja, retira o miolo dele.

Cebolas e cenouras cortadas grosseiramente.

Aqui esta tudo pronto para a montagem: Repare no rolo de barbante.

Juntei as fotos para encurtar o post, para aumentar é só clicar em cima.

As fotos retratam a montagem, começa com a peça de Matambre virada com a gordura para baixo.

Quando utilizar a calabresa, fura ela com um garfo, a idéia é que a gordura derretida não fique ‘pressa’ dentro. (primeira foto)

A calabresa, seguida pelo ovos já cozidos e descascados:

Colocando a cenoura e os tomates.

Cebola e tempeiro verde.

Com tudo dentro, vamos dar a primeira volta. Utilize as mãos para que fique bem compactado, a segunda foto é da primeira volta completa.

Vamos colocar mais ingredientes para a segunda volta. Os ovos ficam todos no início, não vá colocar na segunda volta.

Utilizei mais calabresa, cenoura, tomates, cebola, e tempero verde.

Utilizando as mãos novamente, termina de enrolar.

Eis nosso Matambre tomando forma.

A parte mais complicada é amarrar. Não invente vê o que é mais fácil pra ti e execute.

Importante é ficar bem apertado e bem amarrado para que não abra no cozimento.

Inicialmente amarre bem as duas pontas.

Um modo de gosto de usar é amarrar como Copa (embutido de filé suíno) , sempre utilizando o mesmo fio sem cortar.

É bem simples, utiliza círculos feitos na sua mão e vai inserindo na carne. Não vou entrar a fundo nessa explicação, faço um vídeo explicativo outra hora, isso não vai mudar em nada a confecção do prato.

Metade do trabalho.

Amarrando na horizontal (primeira foto) e a segunda foto o modo simples de amarrar: Simplesmente vai envolvendo o barbante na peça.

Ai está pronto, bem amarrado e bem apertado.

Esse próximo passo é desnecessário, mas como eu nunca havia feito decidi testar.

Consiste em selar a carne antes de cozinhar. Em uma panela grande com um pouco de azeite frite todos os lados.

A idéia é que tome uma cor ao sair do cozimento.

Aqui já está selada. Repito não é necessário.

Casulo na panela de pressão, dobrei para entrar na panela. Minha panela é de 6 litros, mas você consegue fazer com uma menor. Se não conseguir pode cortar ao meio e amarrar as pontas.

O Matambre costuma ser uma carne um pouco dura, por isso vamos dar pressão nela.

Tudo que sobrou no teu preparo do recheio coloca junto na panela, vai garantir um sabor no cozimento.

Água até cobrir a carne e vamos ao fogo. Quando a panela pegar pressão deixa por 40 minutos. Com esse tempo ficou desmanchando, maravilha.

Pós pressão: Metade da água evaporou.

Coloca em um recipiente, se quiser servir assim já está pronto. Eu prefiro dar uma cor a carne para isso vamos ao forno.

Deixei um pouco de água do cozimento e também as cebolas antes de assar.

Vou usar para decorar os tomates e cenouras que sobraram do recheio.

Nesse momento você pode retirar o barbante, eu não retirei, mas aconselho. Depois de assado é mais chato de tirar. 

Pronto, 30min em fogo meio só para dourar a carne:

Feito, Prato servido.

Agora mais de perto, vamos procurar o recheio, vejo o ovo, as duas calabresas, as cenouras, tomate, cebola e tempeiro verde bem compactados.
É impressionante como essa carne fica macia e saborosa.
Para acompanhar um bom Arroz Cervejeiro é o ideal.
Se tiverem alguma dúvida no preparo podem usar os comentários.
Em breve vou postar mais um prato com Matambre, aguardem.
Muito Obrigado a todos, grande abraço.