Olá amigos e amigas, hoje é um dia especial esse final de semana estamos completando 1 ano da primeira receita.

Vocês lembram? Foi a Picanha no Sal Grosso e nada melhor que uma Picanha para comemorarmos essa data tão importante pra nós.

Só podemos agradecer a todo apoio que nossos leitores sempre retornam. O site foi feito pra vocês.

Chega de papo e vamos a receita.

Ingredientes:

  • 1 peça de Picanha, lembre das dicas que a gente deu na primeira receita aqui. Picanha deve ser pequena, procure as de 1kg;
  • 300g de bacon;
  • 300g de queijo prato, pode ser mussarela também;
  • 1 ovo;
  • 1 cebola média;
  • Um ramo de salsinha e cebolinha;
  • 2 colheres (sopa) Sal grosso;
  • Papel Alumínio para assar.

Vamos preparar os ingredientes, pique o bacon, a cebola, o tempero verde e rale ou pique o queijo.

Comece refogando a cebola picada. Para isso vamos usar um fio de azeite.

Essa primeira refogada é rápida, leva uns 5 minutos, quando a cebola começar a ficar transparente já está pronto para o bacon.

Bacon – Delicia!!!

Voltamos ao fogo, agora é deixar fritar bem. Note que a cebola absorve o sabor do bacon.

Retire do fogo e vamos dar a liga nesse recheio. 1 ovo inteiro.

Como a panela deve estar quente é só dar uma mexida, se não cozinhar bem o ovo pode levar ao fogo por mais uns 2 minutos.

Reserve essa mistura e vamos a carne.

Maravilhoso corte de picanha.

Vamos retirar um pouco da gordura, como ela estava muito grossa dificulta para assar internamente.

Olha quanta gordura saiu!!! Não tire muito, deixamos uma espessura de aproximadamente 1cm. A gordura sempre da um sabor especial a picanha.

Picanha sem capa de gordura não é picanha.

Agora é o processo mais delicado, abrir a picanha para o recheio.

Precisamos cortar na parte mais grossa na peça, não na ponta da picanha.

Deu pra entender o corte? Ainda não? então vamos a próxima foto.

Aqui vista de cima, tenha cuidado para não furar a peça.

Utilize a mão para verificar o furo do recheio.

Reserva a carne e voltamos a nosso recheio, o bacon já deve ter esfriado.

Coloca 2/3 do queijo ralado.

E os ramos de salsinha e cebolinha picados.

Mistura o recheio e voltamos a carne.

A foto ficou meio estranha com esse furo, mas confie.

Só encher.

Empurre bem, deixe bem recheado.

Coisa linda.

Palito de dente para fechar o buraco

Utilizamos 3 palitos, feche da melhor maneira possível, é importante para que o recheio não saia.

Ta feito, note o quanto ela cresceu. A peça era de 1kg e colocamos quase 1 kg de recheio.

Sal grosso para temperar, não precisa por muito pois o recheio já está bem temperado com o bacon.

Sal em cima…

… Sal em baixo. Note a parte da carne dessa picanha, marmorizada com gordura, isso é garantia de maciez.

Preparando para o forno, em uma forma refratária utilize um fio de azeite.

Picanha no centro.

Utilizamos para acompanhamento 2 batatas fatiadas e levemente cozidas.

Fechando com papel alumínio.

Aqui entra uma dica nossa, se ampliar a foto vai notar um barbante amarrando nas laterais do papel alumínio.

Isso vai garantir que cozinhe bem sem deixar o vapor sair.

Pré aqueça o forno por 10 minutos a 200 graus.

Deixamos por 35 minutos a 200 graus. A gente gosta da carne mais mal passada, ou melhor o ponto certo da picanha.

Se preferir bem passada deixe por 45 minutos.

Ficou feia né? Essa gordura branca ninguém merece. Vamos dourar.

Lembra o queijo que sobrou, colocamos em cima da batata com um pouquinho de tempero verde.

Ao forno, dessa vez sem papel alumínio.

7 a 10 minutos para dourar a gordura e derreter o queijo.

Agora ficou bonita eihn??

Nossos palitos cumpriram o papel, note que vazou quase nada.

Servidos?

Olha o ponto dessa picanha, vermelha na medida certa.

Preciso dizer como ficou?

Era isso pessoal,

Só podemos agradecer e esperar cada vez mais a companhia dos amigos leitores.

A experiência desse ano com o Cusco Ovelheiro foi maravilhosa, esperamos que vocês tenham se divertido tanto quanto a gente.

Um grande abraço e parabéns para todos nós.

Bassani e Amanda.