Para começar os trabalhos no Cusco Ovelheiro, nada melhor que uma Picanha.
Vou apresentar uma receita bastante fácil e que sempre surpreende os convidados, seja pelo sal, pela facilidade ou pelo sabor. Conheci essa Picanha no Sal Grosso a algum tempo, e já fiz inumeras vezes também, como aqui em SP não tenho o privilégio de possuir churrasqueira no prédio o jeito é assar no forno mesmo. Bem vamos ao que interessa.

Ingredientes:

  • 1 (Uma) peça de Picanha – Procure as menores, não compre pelos olhos. Geralmente as picanhas com mais de 1.4kg estão com um pedaço de coxão duro no corte o que vai deixar a carne dura. Não retire a gordura no preparo e nem peça para o açogueiro retirar, se quiser, faça isso após assar. Se comprar Picanha embalada a vácuo, prefira as melhores marcas. Admito que a minha não é das melhores, mas comprei em uma promoção e ficou show.
  • 2kg de Sal Grosso - Não tem mistério só comprar.
  • 1 Refratário ou algo parecido para assar.

Com tudo na mão o primeiro passo é fazer uma boa camada de sal no fundo da forma. Essa camada vai garantir que a carne não queime por baixo.
Feito isso deposite a Picanha com a gordura virada para cima, isso é muito importante para a carne não secar.
Beleza, até aqui barbada… Agora é a parte mais complicada, só meter o resto do sal em cima da carne, tapando completamente. Isso vai garantir que a carne ‘cozinhe‘ no casulo.
Fácil eihn? Agora vai pro forno, mete uns 200º. Um bom indicador que está ficando pronto é o cheiro, eu deixo 40 min em média.
Enquanto estiver no forno, gordura que está por cima irá derreter, penetrando na Picanha, a carne vai inchar. É normal que a camada superior do Sal quebre, fica tranquilo.
É assim que ela vai sair:

Agora é só retirar a camada superior de sal, ela estará grudada, dá uma batida para retirar o excesso de sal e pode servir.

Feito, Por hoje é isso. Servidos?

Grande abraço, e Obrigado